Contos Online – Trepei com meu primo depois da punheta

sou adolscente, tenho 14 anos, bato punheta desde os 9. sempre gostei de meninas e talz, mas depois de 4 anos, batendo punheta todo dia, e sabendo que não ia comer algum amor tão cedo, vi uma hispotese perto de mim. eu e meus amigos sempre nos masturbamos lado a lado na boa… nunca nen demos bola pro outro, só ficavamos juntos conversando, vendo fotos, resolvi que isso podia dar mais prazer…

o que eu vou contar aconteceu quando eu tinha 13, meu primo 12.

tenho muitos amigos que se masturbam junto comigo, uns 7 tipo agente senta um do lado do outro, ligamos em algum site de mulher pelada e começamos a bater punheta. mas tem um cara que eu vi que ia ser perfeito, meu primo, o marcos, o cara é loirinho, olho castanho claro, tem 1,70 eu tenho 1,85, é muito gente fina, tem 13 anos. o momento ideal foi na nossa casa de praia em são sebastião, a casa tem 5 suites individuais e cada quarto tem uma porta que dá pro jardim, eu e o marcos ficamos em um quarto sozinho. eu como sempre levei meu lap top, cheio de arquivos pornôs. ai agnt foi “durmir” e começamos né, a bater punheta, sem calça, mais de camiseta, e ficamos numa boa na mesma cama, com o lap top no criado mudo, batendo devagar pra curtir, ai ele tava contando que pego umas minas em bh onde ele mora… e eu falei que precisava perguntar uma coisa, falei assim: “marcos, é um segredo, eu quero saber c vc axa que tá errado… eu bati punheta com um amigo” ele flow “ah isso é normal”, eu falei “não eu bati pro meu amigo, e ele pra mim” ai ele parou de bater olhou pra mim, pensou um pouco e flow fingindo ser espontaneo “que bom que vc tmb faz isso, é claro que é normal”

ai eu começei a tremer, nunca tinha feito aquilo.. fikei muito nervoso, mais com muita vontade de, sabe, ir além de mim no meu pau. eu flei “vamo faze então” ele tmb ficou um pouco nervos, era mentira a história de que ele ja tinha feito com amigos… ai ele flow “tá, tá bom…. como agente faz?” e ai ele me pegou! fingi naturalidade “ahh, como agente faz com nossos amigos, deita na cama” ele deitou super sem geito, eu ajoelhei do lado do cama, tirei a mão do pau dele e começei o vai e vem, de mão fechada… ele fechou o olho, e ficou queto, vi que ele tremia um pouqinho. depois de um minuto perguntei, “tá bom”, ele fez que sim, ele gemia, e fazi uma cara e eu achei que ele fosse gozar, “marcos tira a camiseta, pra c nun sujar a barriga, e me avisa quando c fôr…” ele tirou rapido a camiseta e ficou pelado, ele é surfista, então tem barriga tanquinho, admito que pela primeira vez me vi sintindo tesão por um h. ai ele ficou fazendo akela cara, segurou por mais uns 30 segundos e flow “vou gozar” e molhou minha mão e a barriga dele mesmo… se recuperou, deu um sorriso e falou “que tal hoje ao invez de fazermos maratona de punheta, fazermos um no outro vairas vezes?” eu ri e deitei no lugar dele, o lap top tava sozinho e ficava trocando de filme, ele começou, super sem geito, no começo nen achei tão bom, mas ai eu mostrei como eu queria… e ele começou a me masturbar, com a mão indo e vindo, e eu reparei que ele não tirava o olho do meu pau, e pau dele já tava duro de novo, feito uma rocha, tirei minha camiseta também, eu sou magro, tenho musculos até, mas o maximo em mim é meu pau, nakela época tinha 15cm por 14cm de espessura, um mostro perto do do meu primo, e a cabeça do meu pau é uma gigante, e ele ia e vinha até que eu gozei, mas gozei tanto que respingou na minha testa! juro!

ai ficou aquele clima… ele ficou lé parado, fui no banheiro me limpar com papel higienico, e ele ficou lá assistindo filminho…. adivinha o que aconteceu? meu lap top troca os filmes sozinhos, e eu ja que tava com vontade de exprimentar com h, tinha baixado varios filmes de mulekes batendo punheta, fazendo sexo…. eu chego lá tá passando filminho gay, ele olhou pra mim e falou “você vai além da punheta com seus amigos” eu fiquei parado e falei “sim” joguei, qualquer coisa eu falava “tava sendo ironico, porque é óbviu que não” mas aí ele, olhou pra mim arregalou o olho, e ficou 5 segundos parado, sem nenhuma firmeza falou “que legal, você é que nen eu, curte as mesmas coisa”.

estava estabelecido o panico! os dois mintindo! ai eu falei, “quer fazer isso também” ele tava com o pau na mão, e eu vi o pau dele almentar, “é eu tenho pensado nisso”. ai apagamos a luz, só tinha a luz do dvd no quarto, e eu peguei o pau dele e dei uma lambida, o combinado era, um faz o outro também faz. então ele foi lá e também me lambeu, e ficou olhando meu pau, não aguentou e botou tudo na boca, e tirou, eu fiz o mesmo. começou ao pouco o vai e vem, que nen agente vê nos filmes.. e assim foi indo, até que gozamos um na boca do outro…. depois resolvemos

e foi uma noite longa…. vai ter mais!!!

40 Comments

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *